Últimas notícias
Hojé é
22 February 2017
SINDINAP Inaugura sede Foto de Carlos Barbosa para Jornal Folha de Funilandia

Sindnapi inaugura subsede em Sete Lagoas.

 

Sindicato Nacional dos aposentados e pensionistas.

 

APOSENTADO É VÍTIMA DE PERSEGUIÇÃO PELO GOVERNO FEDERAL

 

Diretoria do sindicato e movimento de luta pró-idoso.

 

RP. Carlos Barbosa MTB.06715.ft.Folha de Funilândia.

Escrevendo a história do Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas
e Idosos da Força Sindical, em Sete Lagoas e região.

Subsede é inaugurada em Sete Lagoas, solenidade ocorreu no último dia 29/11 para mediar os conflitos existes em Minas Gerais e vai lutar em favor do idoso principalmente no entorno de Sete Lagoas com abrangência de 27 cidades com mais ou menos 230 mil habitantes. Com a expansão, o sindicato pretende estender às grandes cidades como: Uberlândia, Uberaba, Janaúba, Montes Claros e Juíz de fora, Minas Gerais será piloto para sediar e atender as demandas existentes ao encontro do idoso, aposentados e pensionistas.

O movimento de luta do sindicato dos aposentados, pensionistas e idosos da região está localizado à Rua Maceió, 15, no bairro Canaã, próximo à serra Santa Helena área central da cidade. A subsede idealizada pelo presidente nacional do Sindnapi, Carlos Ortiz, (presidente.) Estamos em meio à discussão da reforma previdenciária, com isso vamos aumentar o número de filiações, o número de aposentados e pensionistas em Minas; já contabiliza 3,2 milhões.  O evento foi prestigiado por Juarez Marteluso, diretor nacional de Filiação do Sindnapi; Carlos Moreira, presidente do Sindnapi de Minas, e Carlos Alberto Passos 76 anos– “Carlão” -, coordenador do Movimento de Luta Pró-Idoso (MLPI). Situado em Belo Horizonte à Rua Curitiba nº 1.269 Centro. Segundo Carlão, o movimento de luta em BH, foi criado para manter os idosos em mobilização com a finalidade de reivindicar direitos e deveres dos idosos. O MLPI, movimento de luta pró idoso necessita desse trabalho.

Grande perseguição ao idoso assola o Brasil.

Governo Federal na contra mão.

Sindnape e os movimentos de lutas fazem a diferença fortalecendo os aposentados, o presidente nacional do Sindnapi apontou a expressiva força econômica da classe, que é retratada no consumo e também a força política para enfrentar diferentes governos. Ortiz lembrou que a filiação de apenas 1% dos aposentados do estado fará crescer de 5 mil para 32 mil associados e frisou que a mensalidade é simbólica (0,5% do benefício). Como a maioria dos aposentados recebe um salário-mínimo, ele pagará somente R$ 4,40 mensais, dos quais 20% vão para cooperativa de crédito para emprestar dinheiro a juros menores. Destacando o vasto campo para o crescimento da entidade, Ortiz voltou a defender o Sindnapi como instrumento capaz de unificar a luta pelos direitos da categoria, como a recuperação do poder de compra e o ajuizamento de processos.  IDOSO PROVEDOR – Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que mais de 17 milhões de famílias no Brasil têm um idoso como provedor. Significa dizer que 24,89% do lares, ou quase um quarto, têm como responsável pelo sustento uma pessoa com mais de 60 anos, conforme a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad). E o contingente de pessoas da terceira idade que permanece no mercado de trabalho não pára de crescer.

Presidente Ortiz, apresenta conquistas alcançadas.

 

IMG_2896

 

·Criação da coordenadoria municipal do idoso em Belo Horizonte.

·Tirar o idoso de dentro dos chiqueirinhos nos ônibus.

·Criação do primeiro centro de referência do idoso em BH, à Av. Pedro II.

·Tirar da gaveta da ALMG a PL que dava direito ao idoso de viajar de coletivo e interestadual. 22 anos engavetado.

· Ganho de causa na justiça quanto à revisão nos cálculo na contagem de tempo anterior a 1994.

· Processo do PIS/PASEP, dando o direito de receber à aqueles que tinha depositado até 05 de outubro de 1988. Dinheiro aplicado no fundo gestor do benefício.

· FGTS, quem se aposentou até 1999, terão o direito de receber até 88,30% sobre o saldo do FGTS.

· Desaposentação, concessão de benefícios contagem de tempo de serviços e muito mais.


Em 15 anos: conquistas do Sindicato

  • Revisão e Pagamento dos atrasados sobre 2,8 milhões de benefícios por incapacidade que injetou
    14,9 bilhões na economia. 
  • Ação de revisão dos benefícios calculados de forma errada URV e ORTN.
  • Política de reajuste do salário mínimo com ganhos reais acima da inflação.
  • Recebimento dos benefícios no quinto dia útil de cada mês.
  • Antecipação do reajuste anual dos benefícios para janeiro.
  • Antecipação da primeira parcela do 13º salário para o mês de julho.
  • Descontos de até 90% nos preços de medicamentos de uso contínuo.
  • Aumento real dos benefícios, em 2009, para quem recebe acima do salário mínimo.
  • Ações judiciais que resultaram, em 2011, no pagamento da revisão do teto dos benefícios.

As conquistas obtidas nos últimos anos melhoraram a situação dos aposentados, pensionistas e idosos, mas há muito ainda por fazer:

  • Extinção do fator previdenciário, com a adoção da Fórmula 85/95;
  • Adoção de uma política de aumento real para os benefícios com valor acima do salário mínimo;
  • Manutenção da política de recuperação do salário mínimo até 2023.
  • Criação do Índice Nacional de Preços para a Terceira Idade.
  • Isenção do Imposto de Renda para os aposentados.
  • Manter e ampliar a lista de remédios gratuitos de uso contínuo.

· ·Criação da Secretaria Nacional dos Aposentados, Idosos e Pensionistas

 

 

 

 

 

Movimento de luta
Funilândia/MG

Agora pretendemos apresentar ao governo pela
força sindical, vários outros projetos entre os quais o aumento vagas nos
ônibus ainda que seja necessário pagar meia passagem.

Sub-sede Sete Lagoas MG.

O sindicato possui uma equipe especializada
em defender os direitos do idoso e do aposentado.

Juliana Rosa, coordenadora regional do movimento de luta pró-idoso
de Sete Lagoas e região.

Somos a defesa do idoso, do aposentado e do pensionista
nas 27 cidades no entorno Sete Lagoas MG.

O Movimento de
luta já tem endereço certo, pessoas certas para mediar conflitos e proteger a
causa do aposentado; O Brasil passa por um descaso na previdência.

Nossa subsede estará de portas abertas no
horário útil para atender as demandas de nossa região, filiar e cadastrar todos
os idosos e aposentados, apresentando os benefícios que os mesmos terão, nossos
objetivos vão além, nosso foco é o aposentado.

Para um maior resultado, buscaremos
parceiros no mercado de trabalho, lojistas, empresários, taxistas, igrejas e
sociedade civil, filie-se, seja nosso parceiro, há não se esqueça, mais cedo ou
mais tarde, seremos aposentados, todos nós envelheceremos então o sindicato e o
movimento de luta vai nos proteger.

Criado para defender os interesses de uma categoria
abandonada pelo Governo, o Sindinap, Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas
e Idosos da Força Sindical surgiu em 15 de junho de 2000.

0

 

 

 

0.00
Nenhum Comentário

Deixe uma resposta